As soluções  ‘Cloudding’ (ou nas nuvens)  têm sido uma tendência apontada pelas maiores consultorias mundiais. Os benefícios mais divulgados são: agilidade na implantação, custo inicial menor e mobilidade de acesso para o usuário final.

Será que este modelo é eficaz para qualquer tipo de aplicação? ERP, CRM, GED/ECM? Uma coisa é usar a internet para trafegar dados outra coisa é trafegar imagens. Já imaginou diversos usuários consultando (ou fazendo download) de inúmeros PDFs ao mesmo tempo? É claro que o desempenho irá depender do tamanho destes arquivos.

Isto sem falar nas práticas de segurança da informação que exigem ambiente ‘htpps’, altas chaves de criptografia no tráfego de dados entre outros requisitos que impactam na performance da aplicação.

Buscamos um fornecedor que aponte a infraestrutura necessária (banda, hardware mínimo etc.) para arquivos até 600 MB, entre ¨600 MB e 1,5 Giga e para arquivos superiores a 1,5 Giga. Este estudo seria muito útil, uma vez que poderíamos aferir a viabilidade do modelo Cloudding.

Alertamos que muitas empresas estão embarcando na onda da digitalização e disponibilização das imagens em sistemas web (ou nas nuvens), sem considerar que estas imagens devem ser compactadas para que o seu uso seja viável.

Mais uma vez se faz necessário o planejamento do projeto antes de sua implantação.