A necessidade de armazenar informações em nuvem impulsiona a adesão aos sistemas de sincronismo de arquivos. Conhecidos como EFSS estes sistemas permitem o acesso aos documentos offline, ou seja, sem uma conexão de internet.
Os 2 gigantes mundiais (Google e Microsoft) conquistam participação cada vez maior neste mercado. A decisão pela melhor solução depende de uma série de fatores: experiência de uso; desempenho; custo de storage; interoperabilidade; recursos externos e, principalmente, governança.
Para ter uma melhor experiência, o usuário deve utilizar o pacote compatível. Por exemplo no caso da Microsoft, ao assinar o Office 365 o usuário “ganha” o One Drive. Já os adeptos do Google Drive contam com o goodle docs, sheets e slides. Com isto, estes arquivos se carregam mais rapidamente.
Se a interoperabilidade com smartphones e tablets, favorece as soluções Google, pelo uso do Android, a governança atribui à solução Microsoft uma maior vantagem. O painel de segurança e conformidade do Office 365 disponibiliza uma série de recursos fundamentais para gerenciamento de registros e governança de dados.
Estar em conformidade com as leis de proteção de dados pessoais não é só um requisito legal. É uma cultura de governança que a empresa, independente do seu tamanho, deve estimular.