Em tempos de redução de custo, as empresas buscam uma solução que preserve a excelência operacional e proporcione uma escalabilidade rápida quando o mercado voltar a aquecer. Neste cenário a terceirização de processos de suporte administrativo (BPO) e a centralização destes serviços operacionais (CSC) são as alternativas mais analisadas.

No ECM Meeting realizado ontem (24/02) cuja tema foi CSC – Centros de Serviços Compartilhados foi possível explorar este tema. Foram apresentados diversos cases: Coca Cola, Bunge, Avon etc., onde foi possível verificar que o BPO pode ser uma forma das grandes empresas iniciar  um CSC próprio. Da mesma forma, com um CSC maduro, é possível terceirizar estes serviços com alta qualidade e um custo mais eficiente.

O cenário externo, as condições da empresa e sua estratégia são fatores críticos para a decisão de como reduzir seu custo num mercado adverso.