Visitando a Fundação Mário Soares foi possível verificar como eles digitalizam arquivos públicos. A Fundação iniciou suas atividades focada no tratamento do acervo do ex-presidente de portugal Mário Soares. Este trabalho com arquivos históricos políticos tornou a fundação uma referência na organização de documentação de diversos países da língua portuguesa.

Muito interessante perceber que eles utilizam bastante a fotografia digital no lugar da digitalização, multiplicando as opções de uso  do documento (impressos, exposições etc.).

A metodologia da fundação classifica os documentos a partir do arquivo digitalizado agilizando a consulta, viabilizando as referências cruzadas e evitando a manipulação excessiva destes documentos históricos.

Vale a visita.

fundação Mário soares